5 dicas fundamentais de como aumentar sua imunidade pedalando
Saúde

5 dicas fundamentais de como aumentar sua imunidade pedalando

imunidade

 

Além de fortalecer o sistema cardiovascular e gerar  o bem-estar dos praticantes, o ciclismo também é um dos grandes responsáveis por aumentar a imunidade, protegendo o indivíduo até mesmo de lesões praticadas pelo próprio esporte.

Aliado a uma alimentação e hábitos mais saudáveis, a prática do ciclismo também alivia o estresse e pode até mesmo melhorar a sua noite de sono, também uma das consequências que geralmente provoca a melhora no sistema imunológico.

Por causa disso, talvez transformar o hobbie numa prática mais recorrente seja uma opção para aumentar a qualidade de vida, principalmente entre pessoas que já estão na terceira idade.

Neste artigo, você vai descobrir alguns dos passos para melhorar seu sistema imunológico e ajudar o seu corpo a combater infecções, lesões e até dores musculares.

 

Tome a quantidade adequada de água

Se beber água já é importante no dia-a-dia, imagine após um longo treino. Não deixe de levar a sua garrafa de água, e se hidrate sempre que possível, para evitar cãibras e desidratação.

Além de sua importância para o funcionamento do corpo, principalmente os rins, a água também lubrifica as vias do sistema respiratório, o que evita infecções.

Para pessoas com problemas alérgicos, a prática do ciclismo aliada à ingestão adequada de água pode evitar os processos alérgicos e aumentar a imunidade.

Corte o açúcar de sua alimentação

Melhorar o sistema imunológico pode ser um desafio, a depender de sua alimentação. Além de ser um dos grandes vilões que provocam diabetes e obesidade, o excesso de açúcar também é responsável por enfraquecer a imunidade.

E se isso não for motivo o bastante para cortá-lo da alimentação, lembre-se também que o açúcar consegue minar suas fontes de energia, gerando uma sensação de cansaço. Para quem tem o hábito de pedalar, isso pode ser visível quando você cansa muito rapidamente, por exemplo.

Durma melhor

Não há dúvidas dos benefícios de uma boa noite de sono. Além de te dar a energia necessária para enfrentar o novo dia, dormir bem também ajuda a aumentar a imunidade, principalmente quando aliada à prática de um esporte como o ciclismo.

 

Man sleeping in bed

Uma má noite de sono é capaz de aumentar o nível de estresse, contribuindo assim para o enfraquecimento do sistema imunológico, além de criar espaço para doenças psicológicas, como a depressão e ansiedade.

Vale lembrar que dormir melhor não significa dormir mais. Assim como a falta de sono pode gerar problemas de saúde graves, o excesso também provoca fadiga e falta de energia. Ou seja, ao invés de acordar mais descansado, você vai se sentir ainda mais exausto.

O ideal e recomendado pelos médicos, é dormir uma média de 7 a até 8 horas ininterruptas. Porém, é possível que algumas pessoas já se sintam bem dormindo apenas 6, enquanto outras precisam dormir 9 horas todos os dias.

Unir a prática diária do ciclismo à uma boa noite de sono é uma das maneiras mais eficientes não apenas de diminuir o nível de estresse, mas também combater males psicológicos, através da produção de hormônios como a adrenalina.

Melhore a alimentação e consuma mais vitaminas

Diminuir a ingestão de comidas açucaradas e gordurosas não são as únicas práticas essenciais para manutenção da saúde. Manter uma alimentação equilibrada também é fundamental para
aproveitar o máximo de energia e melhorar o sistema imunológico.

460929460-vitamina
Algumas vitaminas são as mais indicadas, como a Vitamina C, Vitamina E e Vitamina A. Mas é importante não esquecer de consumir também o ferro, que evita a anemia e outras doenças.

Se você quer potencializar ainda mais suas pedaladas, investir em diversas refeições ao longo do dia, com ao menos 20 gramas de proteína, é importante.

E ainda que você precise reduzir o consumo de gordura, não corte completamente: alguns tipos de gorduras são grandes aliadas de esportistas, ajudando a fortalecer o músculo após o treino.

Evite os excessos, inclusive de exercício

foto

Apesar do ciclismo ser um esporte universal e sem contraindicações, o excesso de atividades físicas também pode enfraquecer o sistema imunológico e deixar o corpo vulnerável a doenças.

Assim como uma alimentação inadequada, com a falta ou excesso de açúcar, gordura e nutrientes, o excesso de exercícios pode provocar um desequilíbrio hormonal, minando a imunidade e gerando outros problemas graves.

No caso de adolescentes, isso pode ser ainda mais grave, já que o excesso de hormônios pode prejudicar o crescimento, formação óssea e desenvolvimento do corpo. Invista sempre no equilíbrio e pode pedalar diariamente, mas dentro de seu limite.

Fonte: http://ciclismoexpert.com.br/



Publicado em: 23/02/2017 - Atualizado em: 23/02/2017

Tags:
A EasyBikes utiliza imagens arrematadas em pesquisas diárias. Portanto, ressaltamos que algumas imagens não são de nossa autoria ou cedidos formalmente para utilização no site. Por favor entre em contato pelo nosso formulário caso seja o autor de alguma imagem utilizada e gostaria que a mesma fosse removida.