Esporte Grupos de Pedal

Primeira vez com 200km – AUDAX 200

BSM

Bom dia amigos!!

Venho hoje lhes relatar sobre a prova que alguns amigos fizeram!

Foram 5 amigos meus que participaram, eu não pude ir dessa vez, mas ano que vem, quero estar lá!

Alguns amigos se encheram de coragem e participaram do Audax 200, evento onde o objetivo é completar a rota dentro do tempo limite, ou seja, completar os 200km em menos de 12horas.

Então, todos conseguiram completar o desafio, ninguém era ciclista inexperiente, todos já pedalavam bem, mas isso não quer dizer que o sofrimento não tenha sido grande…

Segundo me falaram, e sou amigo pessoal de todos eles, tiveram horas em que quiseram desistir!

Foi um total de 209km, com mais de 1300m de altimetria.

A título de Audax, era um trajeto considerado plano, ótimo para uma primeira vez .

Como somos mountain bikers, nosso foco é muito mais vencer os terrenos difíceis, subidas íngremes, do que pedalar longas distâncias, então, perfeito para a nossa categoria.

 

 

Quem já participa desse tipo de evento deve estar pensando:

– Cara falou que foi difícil, mas trajetinho planinho desse, é “melzinho na chupeta”…

O trajeto realmente não era o mais difícil, PORÉM, as condições climáticas e vários pneus furados, elevaram as dificuldades ao extremo…

Foi um total de 10 pneus furados! (e estavam em 5 bikes…), e muito, mas muito vento contra na volta!

A saída seria da cidade de Criciúma/SC, passando em Içara, pegando a BR101 ,vindo a passar pelos trevos de Jaguaruna, Tubarão, Laguna e tocando até a Praia do Sol, próximo a Imbituba.

A volta era muito parecida, mas saindo de Praia do Sol, chegando em Laguna, entrava na cidade, pegava a balsa e ia pela via interpraias, ou seja, praia do Camacho, Jaguaruna, pegava a BR101, ia para Içara e voltava a Criciúma…

Saíram de Criciúma, as 5h da manhã, e estava muito frio, no horário da foto acima, já com sol, estavam todos de cortavento.

O interessante é que na ida, o vento era a favor, todos estavam com bicicletas mountain biker, e com pneus próprios para trilha, apesar de alguns até terem pneus para asfalto (maioria com pneu 2.2, mas havia um amigo com pneu 2.4…).

O desafio era conseguir superar mesmo com as adversidades.

Apesar do frio e das bikes de mtb para andar no asfalto, eles iam muito bem na ida, o vento estava a favor, e a média era muito boa, chegando a acompanhar speedeiros.

Porém o que pegou na ida foram os pneus furados…

Até o trevo da Laguna, com 70 e poucos km rodados, foram 6 pneus furados.

No total foram 10 pneus furados, mas ainda com ânimos aflorados, todo mundo contente.

O problema foi a volta…

A volta do trajeto foi feito quase que na totalidade com vento contra.

E moramos no litoral sul de Santa Catarina, então, beira mar quando tem vento, meu amigo…

Olha, se parar de pedalar a bike volta para trás…

Passagem da balsa em laguna.

Apesar de tudo, íam usando as forças que tinham, e pedalada após pedalada, iam vencendo o desafio.

Foi quando as forças de um amigo meio que se esvaíram, faltando ainda de 30 a 40km.

Esse parceiro estava lesionado no joelho, e vinha de uma série de fisioterapias e medicamentos para poder participar do Audax, e foi liberado pelo seu fisioterapeuta, mas ao fim de 160km, o joelho reclamou.

Ele avisou aos amigos que voltaria…

Os amigos falaram que iriam voltar com ele! Onde um vai, todos vão!

O parceiro resolveu tentar mais um pouco, diminuíram ainda mais o ritmo, e conseguiram com muito custo completar a prova.

Audax não é brincadeira amigos!!

Eu vi parceiros meus que pedalam muito, chegarem contando o quanto ultrapassaram seus limites.

E as condições climáticas deixaram uma prova mediana, como uma prova bruta…

Foi mais um relato de pedalada, dessa vez só com memórias passadas por terceiros.

Fiquem abaixo com mais algumas imagens…

 

Melhor clique do Audax.

Até a próxima!!



Publicado em: 29/05/2018 - Atualizado em: 29/05/2018

Tags:
A EasyBikes utiliza imagens arrematadas em pesquisas diárias. Portanto, ressaltamos que algumas imagens não são de nossa autoria ou cedidos formalmente para utilização no site. Por favor entre em contato pelo nosso formulário caso seja o autor de alguma imagem utilizada e gostaria que a mesma fosse removida.