Roda Presa em Paranapiacaba
Cicloturismo Grupos de Pedal

Roda Presa em Paranapiacaba

 

Olá galera tudo bem? Neste último domingo dia 28, nós do Roda Presa fizemos um passeio com 18 participantes para Paranapiacaba. Um pedal de 120 km, ida e volta do nosso ponto de partida, no bairro Parque das Árvores ( região do Grajaú – região sul de São Paulo )

Saímos por volta das sete horas da manhã! Começamos bem com duas montanhas para subir, na Av. Belmira Marim até chegar na balsa.  Aí já era só alegria. Atravessamos para Ilha do Bororé, onde tiramos nossa foto oficial na capela de São Sebastião construída em 1904. Em um trecho mais adiante tem uma trilha para acessar o Rodoanel.

Nesse pedal também estava o nosso amigo Roberto Zaghini, um jovem de 59 anos, com toda disposição e amor pela bicicleta. Um exemplo para todos nós,  para pedalar não tem idade.


No Rodoanel Mario Covas demos uma esticada até a saída da Anchieta, no famoso montanhão! Aí a galera soltou o freio! Maravilhoso o vento no rosto e a estrada estava muito boa… Chegamos em Riacho Grande, onde paramos para tomar aquele café.

E VIVA OS PEBAS !!! Com o tanque abastecido, saímos pegando uma parte do caminho do mar, para entrar na rodovia Índio do Tibiriçá, onde tem uma placa de led escrito: Ciclistas na Pista. Esta placa nos transmite mais segurança e  parece um cartão de visita como se dissessem: Vocês são bem vindos.

Pedalamos, aproximadamente 12 km à frente até a saída para Rio Grande da Serra, onde fomos recebidos por um morro dando as boas vindas. Da estrada daí até Paranapiacaba, é só tobogã e nos deparamos com uma aconchegante neblina.

Galera todo cuidado é pouco, pois em alguns trechos do acostamento tem três tartarugas com um pequeno espaço para passar, por isso não ande muito perto do seu amigo! Nesse trecho também tem muitas pessoas que vão à pé até Paranapiacaba, por isso todo cuidado é pouco ! Ah, e não podíamos esquecer que estava com a gente a nossa amiga Kennia Borba que estava de volta depois de uma cirurgia no joelho, firme e forte!

O pedal até Paranapiacaba é maravilhoso e a neblina faz parte da região, dando aquele ar aconchegante. Quando estávamos quase chegando, faltava a última subida, impressionante é a ilusão de ótica que ela dá, você pensa que está descendo mas está subindo! Você fala “meu pneu furou, o freio tá pegando”, mas não você está subindo!!

Ufa! Enfim chegamos!  Todos felizes por termos concluído o percurso, chegamos na cidade e fomos curtir sua beleza..

Almoçamos. Porque peba é peba, né galera?

Depois de recuperar as energias, e abastecer o tanque fomos embora e com a bateria cheia, para encarar a semana. Até a próxima galera.

 



Publicado em: 29/05/2017 - Atualizado em: 31/05/2017

A EasyBikes utiliza imagens arrematadas em pesquisas diárias. Portanto, ressaltamos que algumas imagens não são de nossa autoria ou cedidos formalmente para utilização no site. Por favor entre em contato pelo nosso formulário caso seja o autor de alguma imagem utilizada e gostaria que a mesma fosse removida.