Cicloturismo Grupos de Pedal

Caminho do Sal

Roda Presa Zona Sul

 

Paradinha para ver o rio

Olá galera do pedal tudo bem?

A nossa aventura de hoje, foi pela estrada de chão, e vou falando para vocês, não tenho experiência nenhuma no assunto, já que estou acostumado a só andar no asfalto. Como ocorreu essa aventura ? Comentei uma publicação de um querido amigo Santana José, que foi feita no Caminho do Sal, um outro amigo viu meu comentário e perguntou se eu iria nessa, eu respondi que tinha que montar uma bike, para andar na terra, aí ele disse: bike você têm, te empresto os pneus!!! “fecho”!! Outro amigo nosso, o Edmilson, já comentou vamos fazer outra parte do Caminho do Sal, de Mogi das Cruzes até Paranapiacaba, se vocês estiverem a fim de ir vamos riscar o mapa, e Deus no guidão. Aí o Santana José falou agora quero ver a desculpa agora!!! Amigos, desta vez não tinha mais desculpas, e falei bora lá!

 

Galera feliz para andar na lama

Só que aconteceu um problema, o amigo que falou que iria me emprestar os pneus para andar na terra, veio com uma desculpa de que tinha emprestado para outra pessoa. Vai entender!!! Falei comigo mesmo: é uma questão de honra e a minha palavra não faz curva. Nem que for para eu comprar uns pneus de cravo para a minha caiçara, vou nesse pedal. Pneus da 29 são caros e eu estava voltando de férias e a grana estava curta. Comentei com a minha esposa que queria fazer essa aventura, ela me deu o maior apoio. Comentando com outra amiga nossa a Priscila, umas das diretoras do Roda Presa, tinha os pneus de aro 29 e iria me emprestar! A nossa aventura já estava formada.

Pronta para terra!!

A aventura foi marcada para dia 25/12/2017. Iriamos pegar o trem da zona sul de São Paulo, na região do Grajaú, iríamos descer na estação da Luz, de lá iríamos até Mogi das Cruzes, e de lá marcha para Paranapiacaba pelo Caminho do Sal, onze amigos nessa maravilhosa aventura. Detalhe: ninguém sabia o caminho kkk.

Agora estamos no caminho certo!!! Será??? rsrs

Começamos o nosso pedal as 8:00 da manhã. O primeiro trecho foi pelo asfalto por onde fomos pedalando pela estrada ao lado de belas paisagens e de uma linda represa, aonde iriamos até o Distrito de Taiaçupeba, só que não!!!! Erramos o caminho e não era por lá!!

Uns quilômetros a mais não faz mal, né galera?? Nos informamos com os moradores locais, e voltamos uns 5 quilômetros para trás e conseguimos nos achar.  Tem que ficar muito atento pois as placas indicando o caminho são pequenas e difícil de visualizar .

Prestar atenção para não se perder !!

Encontramos um ciclista que nos indicou a direção certa no Distrito de Quatinga que nos levaria até Paranapiacaba. Agora era sem mimimi e entramos realmente no Caminho do Sal com suas estradas de cascalho e muitas subidas. Logo um pouco de pedal o pneu da bike do Cristiano rasgou ! Galera, a nossa sorte é que tínhamos dois gambiarreiros de primeira, Edmílson e William. Ciclistas acostumados com trilhas, tinham os famosos enforca gatos, e conseguiram arrumar o pneu. Seguimos viagem.

Conserto feito pelo Edmílson e William!

Naquele ar puro, só contemplando a paisagem e escutando os cantos dos passarinhos, e em especial o canto da araponga que confesso que só tinha visto em cativeiros! Seu canto é inconfundível e fiquei surpreso por poder ouvir na natureza, pois se trata de um pássaro ameaçado de extinção. No meio do caminho tinha um riacho onde passamos pedalando e demos muitas risadas. Lá também páramos para repor as energias.

Hora do descanso!

Dali para frente a trilha era nível hard!!!! Logo na frente tinha uma serra para subir que eu em toda a minha humildade empurrei…..e já pensando…… a descida vai ser monstra!!! E era pior do que eu pensava!!! Valas fundas de argila e escorregadias, mas não era hora de desistir!!! Vamos encarar!!! Um amigo nosso acabou caindo, e teve uns leves hematomas, mas nada grave. Encontramos outro grupo de ciclistas que estavam descendo um morro lateral mais tranquilo, e nos ensinou o caminho  só que agora vai ficar para a próxima!!

Só para os fortes !!!!

Eles nos mostraram o caminho…..pela direita era mais reta e pela esquerda tinha outra serra, só que iríamos descer dentro de Paranapiacaba. O pessoal foi na frente e quando chegou onde a gente iria escolher o caminho, a maioria escolheu a das retas, mas o pessoal se confundiu e acharam que era pra esquerda!!! E não é que caímos no caminho da serra!! Estava eu e mais alguns amigos empurrando as bikes pois a serra é grande…. e uns falavam:  Já pensou o tamanho da outra ??? rsrsrs

 

Naquela altura todos sem água….. eis que surge a guarita do parque onde o guarda nos forneceu água e nos deu uma ótima notícia! Vocês estão ha quarenta segundos de Paranapiacaba, é só soltar o freio!! Já era por volta de 13:00 quando chegamos em nosso destino,  fomos almoçar e repor a nossa energia para seguir viagem para casa.

Falta pouco galera!!!!!!

Até a próxima amigos!!!

Segue mais fotos da nossa viagem!!!!! Espero que curtam como nós curtimos !

Será que é para direita ou a esquerda?????

Parada para o descanso……

Esperando o amigo se recuperar do capote….

Refrescando um pouco! Lugar lindo !

Paranapiacaba. Vila Inglesa

O rei das montanhas!

Outro rei das montanhas!!!

Contemplando a natureza.

Vamos respeitar a natureza. Não deixe lixo nas trilhas.

Paradinha para o almoço.

O concerto nota 10 !

A natureza é bela mesmo com o dia nublado.

 

Nosso vídeo – RELIVE !

 



Publicado em: 06/12/2017 - Atualizado em: 06/12/2017

A EasyBikes utiliza imagens arrematadas em pesquisas diárias. Portanto, ressaltamos que algumas imagens não são de nossa autoria ou cedidos formalmente para utilização no site. Por favor entre em contato pelo nosso formulário caso seja o autor de alguma imagem utilizada e gostaria que a mesma fosse removida.