Cicloturismo

A brisa dizilizante – Cicloviagem pela América Latina

E aí galera! Eu Iris, e meu companheiro Djoe, estamos fazendo uma cicloviagem pela América Latina.
Saímos de Pelotas – RS e estamos indo pro México.

Já faz 6 meses que estamos na estrada e muita coisa aconteceu. Se você tem curiosidade em saber como rola uma cicloviagem, chega mais que vou fazer um breve resumo e postar um dos vídeos da nossa trajetória!

No começo de 2016 nós dois fomos de bicicleta de Pelotas pra Montevideo no Uruguai, essa viagem durou 40 dias e foi absolutamente incrível, o que nos motivou a começar a planejar uma outra viagem, só que dessa vez para o México! A organização da viagem durou 1 ano, nesse tempo compramos uma ótima barraca (Azteq Nepal 2), arrumamos as bikes, consegui um bom alforge (Alto Estilo) e fizemos sacos estanque com saco de ração de cachorro pra não molhar as coisas todas – posso falar um pouquinho mais sobre isso em outro post. 

Brisa e Dizilizi em Barra Velha - SC.

Brisa e Dizilizi em Barra Velha – SC.

Aí, no começo de 2017 chegou a hora de partir pra essa aventura. O medo e a ansiedade eram grandes, mas depois que você sai, o que te toma é a coragem! As coisas fluem de uma maneira inexplicável na estrada, a vida conspira a favor mesmo pegando chuva, vento contra e ás vezes até mesmo passando um pouquinho de fome, quando você percebe aonde chegou com sua própria força e vê uma paisagem deslumbrante a vontade é de seguir adiante. Sem falar nas pessoas especiais que a gente acaba encontrando pelo caminho.

No Rio Grande do Sul passamos por Guaporé na Cidade Escola Ayni, onde fizemos um voluntariado que foi essencial pra nós! Com certeza recomendo a todos que tiverem a oportunidade que conheçam essa escola e se envolvam com esse projeto maravilhoso.

Nossa barraca aguentando o vento forte dos Cânions em São José dos Ausentes - RS.

Nossa barraca aguentando o vento forte dos Cânions em São José dos Ausentes – RS.

Passamos também pelos Cânions de São José dos Ausentes, chamado também de Cordilheira Verde. Lá a exploração turística ainda é bem pequena, portanto a natureza se mantém preservada, viva. A energia que se sente estando a mais e 1400m de altitude é muito forte e poderosa, além de ser uma paisagem grandiosa e estonteante. E pra descer dos Cânions fomos pela Serra do Rio do Rastro! A estrada mais incrível que passamos até agora, com cachoeiras e mirantes, essa serra nos cativou!

Nós na Serra do Rio do Rastro depois de 5 dias de acampamento no mirante esperando o tempo abrir.

Nós na Serra do Rio do Rastro depois de 5 dias de acampamento no mirante esperando o tempo abrir.

Seguimos por Santa Catarina. Umas das praias que mais me chamou a atenção foi a praia da Gamboa em Garopaba, por se situar em uma vila pequena de pescadores e ser uma praia extensa com dunas de areia e água doce por perto, muito linda! Em SC também gostei bastante da Ilha de São Francisco do Sul e de Joinville.

No estado do Paraná conhecemos a famosa Ilha do Mel, gastamos bem pouco pra ficar 3 dias (44 reais pra duas pessoas! dica: levamos comida reciclada da feira). Realmente essa ilha é maravilhosa! Por ser um parque ecológico não é permitido entrar qualquer tipo de veículo motorizado e isso preserva a natureza e a paz na ilha. As pessoas foram bem receptivas e encontramos muita gente de fora do país por lá, inclusive fizemos amizade com uma galera que faz pão caseiro e eles nos levaram pra conhecer uma figueira centenária magnífica!

Ainda no PR pegamos um trem pra Curitiba, a viagem foi muito massa! Entrar num trem é como viajar no tempo e a serra é linda. Em Curitiba visitamos alguns pontos turísticos como o Museu do Olho que é muito legal e na quarta feira a entrada é gratuita!

Agora estamos no estado de SP, por aqui já passamos em algumas praias que até agora foram as mais bonitas (a cor da água e o clima são ótimos). É isso aí, vamos ficar um tempinho aqui tirando nosso passaporte 🙂

Trajeto da nossa cicloviagem até agora.

Trajeto da nossa cicloviagem até agora.

E a viagem segue rumo ao México! Espero que tenha gostado desse breve relato. Nós da “brisa dizilizante” ficamos muito felizes em compartilhar nossa história e tirar qualquer dúvida ou curiosidade que você possa ter.

Entre no nosso Canal no Youtube e vem com a gente! o/ Em nossa página no facebook e no instagram tem mais fotos também. #apoieabrisa #viajarfazbem #cyclinglife #cicloturismo #cicloviagem

 

 

 

 

 



Publicado em: 08/09/2017 - Atualizado em: 12/09/2017

A EasyBikes utiliza imagens arrematadas em pesquisas diárias. Portanto, ressaltamos que algumas imagens não são de nossa autoria ou cedidos formalmente para utilização no site. Por favor entre em contato pelo nosso formulário caso seja o autor de alguma imagem utilizada e gostaria que a mesma fosse removida.